Ver todas as notícias

23_12_2021__0_19_11_2019__0_28_10_2019__0_Peça Nova - canais para denunciar.jpg - uploaded/imgs/noticias/23_12_2021__0_19_11_2019__0_28_10_2019__0_Peça Nova - canais para denunciar.jpg - Disque Denúncia divulga cartaz para identificar e prender o assassino do carnavalesco da Beija-Flor de Nilópolis


Disque Denúncia divulga cartaz para identificar e prender o assassino do carnavalesco da Beija-Flor de Nilópolis

23/12/2021



O Portal dos Procurados, em parceria com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), divulga cartaz "Quem Matou" e pede informações sobre o principal suspeito da morte do carnavalesco da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis, Hugo Leonardo Ribeiro de Oliveira, mais conhecido como "Léo Mídia".

De acordo com a Polícia, o corpo do sambista foi encontrado com várias marcas de faca na Estrada Doutor Manuel Reis, no município de Nilópolis, na Baixada Fluminense. Léo também era carnavalesco da Leão de Nova Iguaçu e assinaria o samba de 2022.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense instaurou inquérito para apurar a morte de Léo Mídia. Segundo os agentes, a perícia foi realizada no local e o corpo encaminhado para o Instituto

Nas imagens de câmeras de segurança registradas entre 2h42 e 2h52, é possível ver que o suspeito usa um boné e casaco com capuz e caminha normalmente pela rua. Cerca de 10 minutos depois, o equipamento mostra, em outro ângulo, o homem sair de um prédio e correr na mesma direção de onde veio.

Antes de deixar o local, o criminoso ainda roubou todo salário que o sambista havia recebido no dia anterior (mais de R$ 2 mil) e o telefone celular da vítima.

Essas são as principais pistas seguidas pelos agentes da DHBF) para tentar identificar o autor do assassinato. 

O enterro do carnavalesco está previsto para ocorrer nesta quinta-feira (23), no Cemitério Jardim da Saudade, em Edson Passos, Mesquita. Ele deixa uma filha de seis anos.
 

Informações que ajudem na identificação, localização e prisão do assassino podem ser feitas na central de atendimento do Disque Denúncia 21.2253 1177, pelo WhatsApp do Portal dos Procurados 21.98849 6099 ou no aplicativo "Disque Denúncia RJ".

Em ambos os canais o anonimato é garantido.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.